Na XI Teia Cabocla é assim, aprender e repassar nossas origens.

 

Foto Mauro Pereira

Nos períodos de 3, 4 e 5 de Setembro de 2012, na comunidade de Vila Franca no Rio Tapajós, aconteceu a XI Teia Cabocla, que teve como tema “Cultura e Identidade Amazônica em Conexão”, foi um encontro que reuniu as lideranças de jovens de todas as comunidades ribeirinhas dos rios Tapajós, Arapiuns e Amazonas. Foi um encontro interessante com palestras, entrevistas, oficinas de vídeo, jornal, blogs, música, dança, pintura e circo. Isso fez com que os jovens se animassem a participar na sua comunidade. Durante o encontro, houve muitos debates sobre as culturas das comunidades, e se ainda estão sendo valorizados, porque algumas estão perdendo suas raízes e tradições de vida. Os jovens de maguari ficarão felizes de participar, porque alguns foram pela primeira vez.

Foto Mauro Pereira

Na oficina de Música aprendi a confeccionar alguns instrumentos com matérias reciclados, como as latinhas, assim elas não iram mais parar no buracão, também cantamos uma música feita por todos os jovens que participaram da oficina de música, o nome era MARÉS. A cada dia aprendemos um algo novo, iremos repassar para os jovens da comunidade do maguari tudo aquilo que aprendemos e podemos absorver de conhecimento nas oficinas, e já estamos ansiosos pelas próximas TEIAS CABOCLAS, ate lá.

 

Por Roseo Sousa.

 

Comunidade Maguari se fez presente na XI Teia Cabocla

 

Os Jovens, da comunidade do maguari, Miguel, Fredson, Roseo e Mauro não podiam ficar de fora da XI edição da Teia Cabocla, que aconteceu nos dias 03,04 e 05 de setembro de 2012, na comunidade de Vila Franca no Rio Tapajós, que teve como tema: CULTURA E IDENTIDADE AMAZÔNICA EM CONEXÃO, o evento foi organizado pelo Projeto Saúde e Alegria e contou com a participação de mais de 200 jovens das comunidades ribeirinhas do Arapiuns, dos Rios Tapajós e Amazonas, localizadas nos municípios de Santarém, Aveiro, Juruti e Belterra.Tivemos uma boa participação em várias oficinas: blog, jornal, rádio, música e arte mural, com um bom aproveitamento e participação.

 Valeu PSA, estamos aguardando as próximas teias.

O maior acontecimento de tecnologia inovação entretenimento digital, ciência digital e cultura digital do mundo inaugurou 2012, e celebrou seu quinto ano no Brasil Campus Party na cidade de São Paulo.
Um evento realizado pela Fundação Telefônica – VIVO, que reuniu mais de 7 mil pessoas de todos os estados Brasileiros. E que teve três jovens comunitários participando desse grande evento. Maickson Boim de Boim, Andrea Kilvia de Suruacá e eu, Carpeggeane Pantoja de Jamaraquá.
Uma chance única de encontrar as principais comunidades da web brasileira para compartilhar conhecimentos, expandir a rede de contatos e, quem sabe, iniciar um novo negócio.
A Campus Party Brasil 2012 trouxe, além de todas as palestras, oficinas e debates, algumas centenas de horas de conteúdos relevantes e atualizados.
Competições de games, as principais estrelas da internet brasileira, jovens empreendedores. Enfim, não faltaram elementos para suprir os anseios de todos os tipos de mentes brilhantes que habitaram
os corredores deste mega evento.

Tivemos a oportunidade de conhecer a Presidente da Fundação Telefônica, Françoise Trapenard, e pessoas ligadas a Projetos que à mesma apoia, relatando-a quais eram os projetos que eram desenvolvidos nas nossas comunidades e contando um pouco da nossa realidade.
Estou muito feliz e grato pela oportunidade, que tive, uma experiência muita grande de compartilhar conhecimentos com pessoas de lugares diferentes, e também absorver ideias para integrar a educação ao da cultura digital para ter uma rede de educadores desenvolvendo no meio social.

Por: Carpeggeane Pantoja

O Instituto de Estudo Integrados Cidadão da Amazônia (INEA), está executando em parceria com a Prefeitura Municipal de Belterra, a reforma do Núcleo Comunitário de Jamaraquá. Após a conclusão das obras, a mesmo dará subsídios necessários para os comunitários fazerem o processo de beneficiamento do látex da seringueira.
A reforma do barracão TECBOR, como é conhecido está prevista no plano de ação estabelecidos pelo INEA, referente a iniciativa do apoio ao extrativismo da látex e a produção artesanal do látex da seringueira em Jamaraquá.
Essa iniciativa faz parte do componente 2 do Projeto BR 163: Floresta,desenvolvimento e a participação, que tem como objetivo incentivar às práticas produtivas da sócio biodiversidade.

 

Por  Carpegiane

Foi realizado nos dias 29 de Novembro a 2 Dezembro um Seminário de Ecoturismo de Base Comunitária em
São Luís no Maranhão. Dona Conceição Fonseca, uma moradora da comunidade de Jamaraquá, foi representando o ecoturismo da FLONA (Floresta nacional) do Tapajós. Onde também fizeram-se presente pessoas de outras reservas extrativistas que trabalham com Ecoturismo.
Um intercâmbio de pessoas e experiência, de todos os lugares em prol de melhorias para o ecoturismo comunitário. O conhecimento dos ambientes e dos comunitários ribeirinhos proporcionarem uma experiência única de paisagens nas matas, rios, praias, sabores com histórias e causos.

Por: Carpeggeane Pantoja

No dia 21  de Novembro de  2011  na  comunidade de Maguari, realizou-se uma reunião com os jovens da comunidade e demais comunitários. Essa reunião teve como finalidade a viagem de jovens  comunitários até Suruacá na X Teia Cabocla e a escolha da nova diretoria do Grupo de Jovens. E a principio ficou decidido que o grupo em geral iria revitalizar o Jornal comunitário, para circular nas comunidades levando as notícias da comunidade. Já que a rádio está em plena atividade. A nova coordenação já tem novos planos, para fortalecer cada vez  mais o grupo.

A Maratona na Selva é uma competição de auto-suficiência, que ocorre na Floresta Nacional do Tapajós. Que se iniciou no dia 06 de Outubro na comunidade de Prainha, e a chegada será no dia 15 do mesmo mês na vila de Alter-do-chão. Centena de participantes dos mais diversos países, tentarão cobrir o percurso de 200 km, que é divido em seis etapas com postos de inspeção distribuídos a cada 6 km, onde os atletas são monitorados por uma equipe médica e reabastecidos com água. A etapa mais longa é de 80 km e parte dela deverá ser percorrida a noite. Na final de cada etapa eles dividirão uns acampamentos previamente construídos pelos comunitários e apoiados pelo Exército e Corpo de Bombeiros. Os competidores levarão em suas mentes, grandes paisagens e momentos que serão inesquecíveis!!

O Santos Futebol Clube da comunidade de Maguari, realizará no sábado dia 01 de Outubro do corrente ano, seu tradicional torneio e festa dançante. Pela manhã haverá um quadrangular entre times das proximidades. E a partir das 14:30 hs o torneio continuará, e terá como  premiação  R$ 600,00. A partir  das 17:00 hs começará o pré show. E logo
em seguida iniciará a festa dançante com Banda Transamérica.

Não perca vai ser imperdível!!!


No dia 21 de setembro de 2011, ocorreu nas dependencias da  escola Nossa Senhora do Perpétuo Socorro a avaliação do Projeto Politico Pedagogico (PPP).  Juntos, professores, presidentes de comunidades,  presidente de turmas e Coordenadora Pedagógica deram os últimos acabamentos no PPP. O encontro iniciou as 8h e terminou ás 15h30 com a
participação de todos.

Enfim, esse projeto só vem somar para melhoria da educação do Municipio e da Escola pólo e anexas.


A Associação de Moradores e Produtores Rurais e Extrativistas de Jamaraquá “ASMORJA”, teve nessa manhã de sexta-feira 16 de Setembro a troca de diretoria. Após 4 anos de mandato, D. Conceição Pantoja sendo a primeira mulher Presidente da Associação, repassou seu cargo para a Senhora Iranice Fonseca e sua diretoria.

Em 1999 a comunidade de Jamaraquá com um número maior de moradores decidiu fundar a associação, que inicialmente teve 37 sócios.  A partir  da da legalização Jurídica da ASMORJA, a diretoria passou a buscar novas ideias de trabalho para melhorar a qualidade de vida dos comunitários. Após 12 anos, a associação tem patrimônios e mantêm projetos, que beneficiam os moradores.

« Older entries